Podium com taxa



  • fala pessoal, visto que, o ap 1.8 flex usa 11:1 de taxa com comando manso ( mas com sensor de detonação ) me causaria serios problemas usar no dia-dia um ap 1.8 a alcool ( 12:1 ), carburado com weber e comando bravinho ( 286 ) mas usando a gas. podium? to vendo que lá fora os preparadores de hondas usam até 13:1 na gasolina de 93oct, nisso já me daria uma folga usar 12:1 na nossa podium de 95oct ( sim, eu sei que existem 2 metodos: mon e ron. no caso citei a ron, pois a podium supera 100oct no metodo mon ). oque me preocupa é que nenhum carro feito pra gasolina, nem os esportivos ( falo dos honda s2000 / civic type r, nem mesmo a ferrari ) usa tal taxa. só motos, que obviamente trabalham com menos situações de carga. já testei uma vez nesse motor, mas misturando 1/2 a 1/2 podium e gas comun. o resultado? mais potencia que usando alcool ( 9° de avanço inicial pra gas, 18° pro alcool, ambos no limite da detonação ). o problema é que o motor se recusava a desligar, voltando a funcionar ao contrario e batendo pino segundos antes de parar completamente de girar, logo depois de desligada a chave. em marcha, em qualquer rpm não grilava e se mostrava mais elástico e potente. talvez meu motor ficou com pouca taxa pro alcool e comando, mas oq não me agrada ( desde sempre ) é a fase fria do motor, tanto que lembrem-se que andava turbo a gasolina antes.


  • eu acho perfeitamente possivel. usaria podium pura, velas 9 e um avanço bem acertadinho.


  • por que usar uma gasolina a 3 reais o litro se com alcool seu motor vai render mais( a combustão do alcool sempre gera mais potência que a da gasolina, independente da taxa de compressão) a um custo mais baixo por km. vc até poderá andar com gasolina, mas não vale a pena. sem o sensor de detonação a curva de ignição deverá ser bem moderada e aí o motor não renderá tudo o que pode. o que falta para o seu motor andar bem a alcool é uma boa regulagem, como é carburado, esse coletor de admissão deve ser bem aquecido e o motor obrigatóriamente deve usar a valvula termostática indicada para motores a alcool. desta forma a fase fria do motor será no máximo de 5 minutos e não te incomodará tanto. o uso da weber te trará muito consumo, o ideal seria usar um 2e, com uma taxa de pelo menos 13:1 e um comando >280º. usando alcool já seria um carro bem esperto, com mais de 120 cv e relativamente economico.


  • > o ideal seria usar um 2e, com uma taxa de pelo menos 13:1 e um comando >280º ![:joia:](http://www.preparados.com.br/public/style_emoticons/default/biggrin.gif)….se não me engano esse foi o setup anterior dele... fala mal de weber pro fabio não q ele chora


  • então, mas oq queria seria dicas se alguém jah fez tal coisa. acertar na gasolina, se eu conseguir tirar esse problema de não desligar ( dieseling que se chama, e não é algo tao incomun ) eu consigo. já fiz funcionar e acelerei com podium 1/2 a 1/2. minha preocupação, na real, é o motor começar carbonizar os cilindros e virar ponto quentes.


  • não vai dar problema, pelo contrário, vai melhorar mesmo, já que essa gasolina é indicada pra altas taxas de compressão. e esportivos fortes não tem taxa maior por terem objetivos de emissões, durabilidade e consumo.


  • continuando o tópico, na podium pura ( sem mistura de gasolina comun ) o motor parou com o dieseling ( desliga normal ). o ponto inicial foi para 6º, o avanço é o original do motor. o carro ficou um pelinho mais fraco abaixo de 1500 rpm doque com alcool ( que usava 18º inicial e o mesmo avanço sendo que acho que estava um pouco demais ). em alta está o mesmo, talvez até um pouco mais potente. o que se percebe é que a faixa de tolerância do motor ao ponto fica estreita. o mesmo efeito ( da falta de ponto ao camelar em baixa ) que no alcool é de 9 a 18 graus, na podium com menos de 6 graus o motor já fica vazio , com 9 começa a camelar. mas no final ficou muito muito liso. vamos ver o consumo agora…


  • se ao desligar ele ta dando retrocesso , pode ser o carburador que ta afogando confere altura de bóia e vedaçao de estilete

Entre para responder