Importados podem ter cotas com ipi menor



  • promessa foi feita pelo ministro fernando pimentel

    o governo brasileiro deve anunciar até o fim de maio uma medida para aliviar os efeitos do novo ipi (imposto sobre produtos industrializados) às montadoras de automóveis importados prejudicadas pelo reajuste na alíquota do imposto.

    >> leia também: vendas de importados caem em abril

    “tive uma promessa do ministro (fernando) pimentel de que até o final do mês alguma coisa seja publicada e anunciada pelo governo”, declarou o presidente da abeiva (associação das empresas importadoras de veículos automotores) e diretor-presidente da jaguar land rover, flavio padovan.

    a medida deve incluir a criação de um sistema de cotas isentas da nova alíquota, semelhante ao acordo firmado com o méxico em 2012. a possibilidade é vista com bons olhos por padovan. “nós acreditamos que a melhor solução é a cota, e é o caminho mais fácil para o governo também”, afirmou.

    embora o reajuste no ipi tenha sido determinado no final do ano passado, as marcas sem fábrica no brasil só começaram a sentir os efeitos da medida em abril, quando os estoques formados antes do aumento do imposto começaram a esgotar. as afiliadas à abeiva registraram queda de 28,1% no volume de vendas no mês passado, em comparação ao mesmo período de 2011.