Tata deve produzir carro a ar comprimido nos proximos anos



  • fase de testes chega ao fim e fabricante agora define processos industriais

    a tata motors anunciou que a primeira fase do programa de seu carro movido a ar comprimido está finalizada. fruto de um acordo de licenciamento da tecnologia da mdi (motor development international, de luxemburgo), assinado em 2007, o programa realizou vários testes de rodagem com dois protótipos equipados com os motores de ar comprimidos.

    tata e mdi já iniciaram a segunda fase do projeto, que irá detalhar as tecnologias e os processos industriais necessários para a produção do veículo. segundo a tata, seu carro movido a ar comprimido, cujo projeto é chamado de mini cat , deve estar pronto para chegar ao mercado nos próximios anos.

    o compacto urbano deve ter velocidade máxima entre 80 e 105 km/h e autonomia de 130 a 300 quilômetros, dependendo do número de tanques de ar instalados. a licença da tata para a utilização dos motores de ar comprimido, por enquanto, é restrito à índia e a marca planeja vendê-lo por cerca de 366 mil rúpias - aproximadamente 8 mil dólares.