Ferrari e mercedes ameaçam, mas não devem protestar contra red bull



  • neste final de semana, ferrari e mercedes levantaram uma polêmica contra a red bull pelo projeto do assoalho do carro da equipe. um vão no assoalho, na frente das rodas traseiras, seria o alvo da polêmica. havia a possibilidade das duas equipes protestarem contra a equipe pedindo exclusão dos resultados da red bull no gp de mônaco. a ferrari já deu a entender que talvez não haja protestos e christian horner, chefe da equipe vencedora de hoje, diz que o carro está dentro da lei.

    eu ficaria desapontado se isso acontecesse. seria uma pena que isso acontecesse após essa corrida, mas estamos totalmente confiantes de que o carro está em conformidade com as regras , comentou o chefe da red bull christian horner à sky. temos que esclarecer que o diretor técnico concorda com nossa interpretação. estamos totalmente confortáveis com o carro que trouxemos para cá e esperamos permanecer assim em outras corridas também .

    stefano domenicali, chefe da ferrari, deu a entender que realmente não haverá protestos. no momento não há nenhuma indicação que essa é seja intenção .