Hamilton diz que foi contratado para correr



  • lewishamilton15
    lewis hamilton voltou a falar da polêmica ordem de equipe dada pela mercedes no último domingo (28) durante a disputa do gp da hungria, quando o time desejava que ele facilitasse uma ultrapassagem de nico rosberg durante a prova.

    o jornal alemão die welt atacou o campeão mundial de 2008, dizendo que ele faz a mercedes sofrer com seu 'show de ego', indicando que: 'com sua desobediência, hamilton enfraqueceu a autoridade da liderança da equipe e provocou seu companheiro nico rosberg para uma recompensa comparativamente pequena'.

    só que hamilton rebate dizendo que ele foi contratado para correr e que estava realizando seu trabalho.

    'não é questionar a autoridade. fui contratado para ser eu mesmo, e correr com o coração', disse.

    'eu não tirei a vitória de nico. estava lutando contra ele! por que eu ficaria preocupado com ele? não creio que fui implacável. nem sequer estava sendo agressivo. estava fazendo o meu trabalho. tentei o meu melhor para ficar à frente, e não sinto que tinha a obrigação de ajudar', acrescentou.

    para o ex-piloto john watson, que foi companheiro de equipe do atual presidente não executivo do time, niki lauda e atualmente é comentarista na tv inglesa, o problema é interno da equipe.

    'toto wolff está mais interessado em se projetar? ele realmente tem autoridade?. paddy lowe é um cara fantástico, mas não é a pessoa para lidar com isso. niki lauda é um homem bastante inteligente, mas não sei qual autoridade ele tem. se havia uma pessoa que poderia botar ordem naquela equipe, é aquele que eles dispensaram, ross brawn', comentou.