Gerente de empresa que transportou schumacher é encontrado morto na suíça



  • michaelschumacher8
    o gerente da companhia de helicópteros suíça rega, responsável pelo traslado de michael schumacher da frança para uma clinica em lausanne e que não teve sua identidade revelada, foi encontrado morto na cela em que foi levado numa prisão na cidade suíça de zurique, segundo a agência de notícias reuters.

    o homem foi detido por violação de privacidade e do sigilo médico e segundo a promotoria local diz não haver indícios de participação externa na morte do detento.

    schumacher sofreu um sério acidente em 29 de dezembro passado, quando chocou-se com pedras na estação de esqui de méribel, na frança. ele foi levado para o centro universitário hospitalar em grenóble, onde esteve em coma induzido até o dia 16 de junho, quando foi levado para uma clinica especializada na suíça.

    segundo o jornal 'le dauphine libere', publicou em julho passado uma reportagem sobre uma tentativa de venda do prontuário médico a órgãos de imprensa europeus e que estariam orçados em us$ 67.200. a oferta teria sido disparada de um computador cujo ip estaria sediado na empresa de helicópteros em zurique.