Mercedes-benz atualiza o veterano glasse g



  • lançado em 1979, desenvolvido para uso militar e ganhando luxo e potência com o passar dos anos, o mercedes-benz classe g (singela abreviatura para geländewagen) passa por modificações em sua linha 2015. externamente, não houve muitas modificações em seu jeitão “clássico”: as versões g 350 d e g 500 contam com novos para-choques e arcos dos para-lamas na cor da carroceria; há também novas rodas aro 18” de cinco raios vazados para a versão movida a diesel, além de novas cores bem chamativas (solar beam, tomato red, alien green, sunset beam e galactic beam). suspensões e controle de estabilidade também foram revisados, para garantir mais segurança e conforto.

    uma das principais mudanças do classe g é a adoção do motor 4.0 v8 biturbo, similar ao adotado no amg gt e no c 63 amg, que no jipão g 500 entrega 422 horsepower (entre 5250 e 5500 rpm) e 62,2 kgfm (de 2250 a 4750 rpm), 16% a mais de força. o g 350 d, mais modesto, conta com versões de 211 hp e 55,1 kgfm ou 245 hp e 61,2 kgfm, ambas com propulsor 3.0 v6. na versão de 245 horsepower, o g 350 d acelera de 0 a 100 km/h em 8,9 segundos, enquanto a versão g 500 chega à velocidade em 5,9 segundos.

    e se os modelos “normais” já dispõem de muita potência e torque, as versões esportivas amg extrapolam os limites: o amg g 63 5.5 v8 rende 571 horsepower (27 a mais que antes) e 77,5 kgfm de torque, enquanto o amg g 65 6.0 v12 entrega 630 horsepower (ganho de 18 hp) e torque de quase 102 kgfm (!). toda esta força leva a versão de 12 cilindros de 0 a 100 km/h em 5,3 segundos, enquanto o g 63 cumpre a prova em 5,4 segundos. estas versões tiveram o quadro de instrumentos redesenhado.

    há ainda a série especial amg edition 463, baseada tanto no g 63 quanto no g 65, com detalhes de acabamento em dois tons, couro nappa, e fibra de carbono em detalhes internos. os interessados pelo “novo” mercedes classe g poderão fazer encomendas a partir de meados de 2015.




Entre para responder