Para mansell problema da f1 é falta de carros no grid



  • campeão de 1992 acredita que grids maiores aumentariam competitividade e deposita esperanças em novo regulamento

    com crises esportivas, a fórmula 1 perdeu duas equipes nos últimos três anos. com apenas 20 carros no grid deste ano, o inglês nigel mansell acredita que o principal para fazer a categoria voltar a despertar interesse nos seus fãs é ter mais carros nos grids para forçar os pilotos a terem mais garra.

    “acho que a diferença é que, embora esta era seja de certa forma fantástica para o desenvolvimento dos carros e dos circuitos, não é bom que você não tenha mais 36 ou 40 carros tentando se classificar para os 26 lugares do grid”, disse mansell .

    “você não tem um grid cheio de carros. é como se estivesse encurtando a competição. e é isso o que está faltando.

    “não é problema de pilotos, são apenas circunstâncias. eu acho que quando você tem um grid cheio de carros, você tem mais pessoas que vão para a pista com garra corrida após corrida. as pessoas irão se interessar mais.

    “o que precisamos é de mais fabricantes. certamente precisaremos de mais opções de motor.”

    mas mansell confia que a fórmula 1 será maia “poderosa” com as novas regras de 2017.

    “acho que os melhores pilotos vão ter mais vantagem. eles vão ser capazes de mostrar sua personalidade.

    “o carro poderá não estar tão bom, mas eles terão de repente mais pneus para ser rápidos e demonstrarem suas habilidades.

    “mas mais do que sua habilidade, a personalidade. atrasar freadas e linhas diferentes – porque com pneus maiores você pode ter mais de uma linha nas curvas. com pneus estreitos há uma linha precisa apenas.”


Entre para responder