Bielas forjadas



  • pessoal… chega de confusão sobre bielas forjadas ok?

    vamos desmistificar esse assunto de uma vez por todas:


    biela original fundida

    existem muitos tipos de bielas, e entre eles, muitos tipos de bielas forjadas. a maioria dos carros possui bielas fundidas, as mais baratas e tb as de qualidade inferior. dentre as fundidas, tb existem mais de um tipo, mas vamos ficar com as forjadas, que são as que nos interessam no momento:

    os principais tipos de bielas forjadas são:


    biela original forjada

    forjadas originais:

    forjadas originais , que todos nés conhecemos como as bielas oferecidas em alguns carros de mais potência e melhor qualidade. um exemplo bem ex?tico de carro de linha com bielas forjadas de fábrica é o nissan skyline e um mais comum é o motor 4ag da toyota, que equipava os antigos ae86 corola/levin/trueno, tão conhecidos dos drifts e imortalizado pela série initial d. outros carros tb possuem bielas forjadas de fábrica e muita gente sequer sabe disso.

    vejam fotos das bielas do 4ag:


    reparem a cicatriz ao longo da peça, proveniente do processo de forjamento das bielas. essa marca ocorre devido é prensagem do material nos moldes e é o excesso que sobra qdo o material é esmagado. é uma boa forma de descobrir se uma biela é mesmo forjada

    as bielas forjadas originais são fabricadas atravṍs de um processo que inicia com uma barra de aão carbono que é prensada atravṍs de uma prensa rotativa, o que lhe confere uma estrura granular longitudinal uniforme. esse processo de modificar a estrutura granular do material aumenta muito a resist?ncia da peça. após isso a barra de metal é aquecida até atingir uma consist?ncia pl?stica e então é prensada em moldes f?mea , o que confere uma estrutura granular circular ao redor do olho e po da biela. então vem a usinagem dos furos e da lateral. as peças podem passar por tratamentos térmicos ou químicos.

    esse processo produz bielas muito superiores ?s fundidas, mas tb mais caras. e o inconveniente é que a estrutura superficial fica afetada por um processo conhecido como de-carb ou descarbonização, em que o carbono migra para a superf?cie, criando pontos de stress q enfraquecem a peça.

    o custo determina o tipo de material utilizado pela fábrica e dependendo do tipo de aío, ele pode conter contaminantes que interrompem a estrutura granular do material e causam fraturas, mesmo após anos da instalação do componente no motor. é uma questão de sorte ter ou não uma biela ruim.

    forjadas aftermarket , ou especiais:


    crower forjada

    basicamente o processo é o mesmo, mudando principalmente o tipo de material usado. o mais comum são as ligas 4340, 4140 ou 4330, em lugar das ligas da série 51, material mais comum nas forjadas de fábrica. isso termina por evitar a maioria dos contaminantes, como sil?cio, f?sforo ou enxofre que estragam a estrutura perfeita do aão forjado. outro cuidado extra é geralmente dado na hora da usinagem, mantendo toler?ncias menores, para garantir maior precisão dimensional e distribuição de peso.

    usinadas ou billet , tb conhecidas como true billet :


    true billet, como as nacionais

    as bielas usinadas não são forjadas. elas são fabricadas de um pedaão de metal cortado com chama (plasma ou laser) que pode ou não ser material previamente forjado. para serem consideradas forjadas, naturalmente precisam ser usinadas de um bloco forjado. esse processo elimina completamente o problema da descarbonização, e cria uma peça muito forte e com estrutura granular estável. contudo, se a granulação transversal é perfeita, não h? o contorno dela ao redor das extremidades, o que é uma desvantagem. mas em termos gerais, é uma biela mais forte que a forjada e oferece um acabamento superficial mais bonito, principalmente após o shot peening, que lhe confere uma maior rigidez externa e proteção ao fadigamento, e tb um acabamento jateado, porém brilhante. (desculpem, estou delirando… divagar sobre a estática de uma biela já é doen?a mental)


    reparem o acabamento perfeito, somente possível atravṍs de usinagem e posterior shot peening.

    forjadas usinadas ou fully machined :


    biela top de linha

    essas são as melhores bielas que existem, utilizadas nos melhores motores de todos, inclusive os top fuel e funnys. elas aproveitam todas as vantagens de uma biela forjada com sua estrutura granular perfeita em toda a biela e tb possuem uma superf?cie perfeita, totalmente livre de stresses causadores de trincas. seu acabamento é perfeito e sua resist?ncia é máxima.
    são mais caras e raras, pois ao contrário das forjadas que são encomendadas pelas grandes montadoras e gozam de uma enorme escala e das billet ou usinadas que são cortadas de chapas de metal bruto, as fully precisam ser forjadas em equipamentos caros e específicos para cada aplicação e ainda serem usinadas como uma billet . os moldes são realmente caros e o investimento inicial é realmente alto. por isso são comuns apenas em ind?strias muito movimentadas, que justifiquem o investimento.


    carillo h-beam


    carillo fully machined super leve para aplicações de alta rpm e potência limitada
    ?
    h? muito mais sobre o assunto, como as novas bielas pff ou precision powder forged da gkn, que buscam aliar resist?ncia e custo e h? detalhes intr?nsicos do projeto e fabricação que são propriedade das fábricas e portanto, patrim?nio que não é divulgado, mas o b?sico do b?sico é isso aí

    abração



  • cool

    mas na pratica e no mercado nacional, se não for anti-?tico dizer.
    as ancona então são billet, usinadas a partir de um bloco.
    as da spa são forjadas e devem conter aquela marca nas laterais devido a prensa.
    e as powertech são forjadas mesmo?

    então, as bielas ancona seriam mais fortes q da spa



    • um pouco de cultura

    o furo maior da biela (parte que vai no vira) é chamado tecnicamente de olhal maior. o furo menor, que vai no pino do pistao, é o olhal menor.

    outro item importante:

    bielas fraturadas: a biela é feita inteira, em uma peça só, e depois a capa do olhal maior é cortada a lazer, e ai sim é feito a rosca para o parafuso. no processo normal, a capa é feita num molde e o resto da biela em outro. é mais barato, porem, o encaixe da capa nao fica tão perfeito qto no caso das fraturadas.

    outro mito é que dizem que bielas forjadas aguetam mais porrada que as originais. engano em parte. claro que a resistencia a tração/compressao de uma biela forjada é mto maior do que uma fundida, porem o maior merito das bielas forjadas é a maior resistencia a vibração. o que causa a quebra da biela é a pressao exercida nela no momento da explosao + a vibra?ao, o que joga por terra a resistencia mecanica da peça. é mais ou menos como pegar um vidro fino e colocar sobre ele o maximo possivel de peso antes que ele quebre, depois vc poe proximo dele um subwoofer potente. a vibra?ao vai fazer o vidro se romper na hora. no caso do motor, a vibra?ao de que falo é causada no momento da explosao.

    bielas de aluminio tem uma resistencia gigante a vibra?ao, pois sao extremamente male?veis. tão maleaveis, que nos top fuel elas sao trocadas todas a cada 3 ou 4 puxadas, pois perdem totalmente a geometria.
    por isso sao invi?veis pra uso na rua.

    abs.

    martin



  • bom este tópico valeu vicente gostaria de ver algo assim sobre pistões tbm



  • excelentes considerações



  • foto da biela da ancona:

    edited: se alguem tiver fotos de bielas de outras marcas, poderia postar. tks



  • que aula
    obrigado a todos



  • belo tópico



  • eu uso biela ancona billet forjada, segundo o kadu…..muito bonnita, as crower do outro carro nao cheguei a ver



  • uma marca que respeito bastante é a pauter…

    biela de tit?nio que eles fabricam.. u$ 995 a unidade

    em aão 4340



  • edited: se alguem tiver fotos de bielas de outras marcas, poderia postar. tks
    [snapback]225824[/snapback]

    biela original de ap 2.0, reparem no furo no olhal maior dela, passaria óleo por ali…um mecanico me disse q isso lhe dá mais resist?ncia, ser??

    obs: essa é foto é brincadeirinha, pra descontrair

    pena q qdo abri meu motor naum tinha camera pra tirar fotos das minhas bielas, ancona tb...e aguentaram uma pressãozinha boa sem abrir o bico



  • e qto aos parafusos das bielasó já ouvi dizer que tem uns melhores que os outros… quais seriam esses melhoresó até qtos cavalos aguenta, em tese, cada um deles?

    ab



  • o lance dos parafusos não é pressão e sim rotação q eles suportam. bem, pelo menos nos sites eles mostram pela rotação.

    parafuso tal aguenta até 9.200rpm, parufo x aguenta 12.000rpm.

    tem uns da powertech q eu fiquei absimado, será q é bom mesmo? eles dizem q é mais resistente q forjado, o preço??? haaaaaaa coisa de r$520 o jogo.



  • caiu a net aki, mas vamos lá

    surgiu outra duvida.

    ja vi bielas forjadas especificas pra aspro com um peso bem inferior as forjadas pra turbo.

    pode usar essas bielas forjadas para aspro em carro turbo?????



  • caiu a net aki, mas vamos lá

    surgiu outra duvida.

    ja vi bielas forjadas especificas pra aspro com um peso bem inferior as forjadas pra turbo.

    pode usar essas bielas forjadas para aspro em carro turbo?????
    [snapback]226021[/snapback]

    cara, bielas não aguentam x hp e sim um determinado torque e uma determinada rpm. claro que torque e rpm determinam hp, mas tem uma sutileza na estária. uma biela pode, dependendo do motor onde estar montada, atingir seu limite de torque antes de de atingir um número x de hp. é o caso de carros onde vc tem pouca rpm e muita pressão de turbo, o que gera um imep violenta.

    ou no caso inverso, vc pode ter um motor aspirado de alt?ssima rpm (f1 é um exemplo extremo) e a biela pode atingir seu limite de rpm (para uma determinada massa de pistão) e ainda assim ficar com menos hp do que seria normal.

    por exemplo, uma biela de um carro de pikes peak, mesmo com seus 1000 hp, provavelmente não daria conta do absurdo que eram os antigos dtm de 15 000 rpm, que possuíam aproximadamente a metade dessa potência. e a biela do dtm com toda certeza não daria conta do servião num turbo de pikes peak.

    comprar a biela mais forte que existe não é uma boa solução. como quase tudo, a solução boa é usar componentes que estejam exatamente na faixa de potência (com alguma folga de segurança) que vc pretende. usar componentes próprios para 1000 hp num carro de 300 é um erro de engenharia. use uma biela capaz de 400 hp, 500 hp dentro da sua faixa de torque e rpm. mais que isso vc estará agregando peso que rouba hp e custo totalmente desnecessário, uma vez que a biela estando adequadamente dimensionada, não vai quebrar de qquer jeito.

    vc pode sim usar bielas idealizadas para aspirados, desde que os limites de pressão de c?mara sejam similares aos de motres aspirados. nesse caso, provavelmente essa será a biela ideal

    um bom 16v de curso longo e comando dentro da realidade, gera um torque relativamente alto. um motor 8v, enforcado por seu cabeçote, com um turbo é pressão relativamente baixa e um perfil de comando com algum cruzamento, pode acabar fornecendo o mesmo torque que o aspirado.

    peça pro teu preparador te esclarecer essas diferenças, assim ele pode minimizar os gastos e oferecer o melhor custo-benefício. desse jeito, ele mesmo pode cobrar um pouco mais e vc ainda vai gastar menos para ficar com um conjunto melhor

    abraço



  • alguém conhece uma marca boa de bielas forjadas pra aspro que aguente seus 9000 rpm e potência em torno de 200 a 250 hpo

    marca que seja achável e não seja absurdamente cara…



  • opa, valeu vicente



  • qual o limite de escoamento de uma biela billet ?

    uma biela em aão 4340 forjada e tratada termicamente chega a ser mais resistente do que uma de tit?nio, porém mais pesada.



  • qual o limite de escoamento de uma biela billet ?

    uma biela em aão 4340 forjada e tratada termicamente chega a ser mais resistente do que uma de tit?nio, porém mais pesada.
    [snapback]226062[/snapback]

    a biela billet geralmente tb é forjada, e pode passar pelos mesmos processos. a diferença é que a granulação do material ao redor das extremidades redondas não acompanha o desenho da peça como nas forjadas. geralmente elas tb são de aão 4340 forjado e tratado termicamente, além de receberem o shot peening.

    ab?



  • mas vc não tem valores disso?

    e vc sabe muito bem que shot peening serve apenas para prolongar a vida em fadiga, e qualquer peça pode receber esse tratamento.

    e como seria uma granulação que acompanha ou não o desenho da peça? é importante que o grão seja o menor possível com o maior número de discord?ncias possível. mas para isso não existem direções preferenciais.

    deve existir algum outro fator que explique essa maior resist?ncia, visto que as duas são do mesmo material e passam pelo mesmo processo de fabricação…

    mas pra isso gostaria de obter valores num?ricos. abraços.