Você já fez ciclagem?



  • boas galera, este mês um tema veio a tona em uma revista especializada em veículos, falava-se na ciclagem de veiculos flexiveis. bom na minha húmilde opnião os veículos flex encondem algo sombrio, que as montadoras sabem, más não divulgam. a durabilidade, consumo, custo-benefício, já foi dito a respeito, porém há muita especulação a respeito. temos um produto flexivel, porém na tentativa de atender os dois combustíveis, não consegue ser eficiente com nenhum dos dois parece ser cômico, más é um veículo mais complicado de se manter do que um de um único combustível. bebendo só alcool cria-se goma, colocando gasolina sólte-se está goma e ai…. bico, filtro, valvulas e etc... bebendo só gasolina vc pode ter de abastecer no fim do dia e voltar pra casa, e no outro dia a surpresa o carro não pega, não deu tempo da central fazer o cálculo da mudança de combustível. pessoas não muito adébitas a manutenção automotiva deve sofrer... na dúvida, ou melhor sem ter opção, farei o que os profissionais entrevistados pela revista recomendaram. a cada 5.000 km andando só com alcool, farei a ciclagem usando um tanque somente de gasolina, pra ver se me previno da goma, e a cada 10.000 km trocarei o filtro de combustível. o termo ligue e use é um pouco diferente com os flex, seria ligue, veja se tá tudo bem e só depois, use. abraços a todos.


  • afirmativo… concordo plenamente... minha saveiro é infinitamente menos eficiente que os aps monocombustiveis... new civic flex tb é um bom exemplo, é mais manco e beberrão que o a gasolina... carro flex, filtros de 10 em 10, e oleo de 5 em 5 sempre com filtro junto... na saveiro uso a alcool nao por economia, mas por efeito psicologico em 1 ou 2 cvs a mais no caso do carro original. na gasolina tem consumo compativel com meu k20z3 com mais de 200cv s ambos andando na boa complicado... abraços


  • assunto extremamente interessante. já tenho visto essa discussão sobre flex nacional ser uma gambiarra há alguns anos. dizem que o ideal seria os postos vender e85 e os motores serem calibrador para tal. na europa e eua é assim, porque aqui tem que ser diferente?


  • por alguns motivos muito simples: 1)- abundância de matéria prima para fabricação do combustível. ou alguém aqui acha que tem pouca cana plantada aqui no brasil? 2)- etanol ainda é novidade para eles. nesse quesito estamos bem a frente, sem dúvida nenhuma. 3)- acredito que o clima seja um outro fator relevante nesse caso. aqui dá pra contar nos dedos de uma mão a qtde de cidades que cai neve; já nos eua e europa a coisa não é bem assim. dos 70.000 km que ele tem rodados, se meu polo 2009 rodou 2000 km com gasolina foi muito. troco óleo e filtros sempre a cada 10.000 km, e nunca tive problema algum com relação a isso. gasta pra caralho, na minha mão não faz mais que 6 ~ 6,5 km/l, enquanto que meu logus que é 1.9 turbo faz 5,5… seria mais eficiente se tivesse mais taxa pra andar só com álcool? claro q sim. mas daí como é q a fábrica iria fazer com aqueles oreia seca q acha que a tecnologia totalflex é o ó do borogodó ? isso sem contar com as porcarias de combustíveis batizados que tem por aí...coloca álcool ruim em motor taxado pra ver no que dá...


  • eu tinha um fiesta 1.0 flex, ano 2008 modelo 2009. rodei com ele 50.000km, e destes tranquilamente 45.000 no alcool. fiz todas as revisoes na autorizada (1 e 2 com mao de obra gratis), a 3 paguei e a 4 eu comprei o material e fiz em casa. ou seja em todo esse tempo oleo e filtros trocados no devido tempo. nunca, repito nunca o ponteiro de rpm sequer oscilou. carro sempre trabalhou liso de tudo, logo, isso de fazer ciclagem é bobeira. ou o carro ta com a manutencao ruim, ou o programa de central ainda é muito prematuro , pois o meu carro era 2008 e perfeito. obvio que se fosse um carro ou alcool ou gasolina o consumo seria muito menor, mas infelizmente o cancer do flex veio pra ficar.


  • vale lembrar da programação… falo pq tenho aqui, a saveiro está em dias, porem é 2004 2005 primeiros flex, e se mostrou um tanto quanto ruim... ja o gol g4 power mesma cilindrada se mostrou um pouco mais eficiente, talvez evolução na programação não sei... mas eu sempre uso pelo menos 1/4 de gasolina mês, a centralina fica doida da até pra ouvir umas batidinhas de pino, dai enriquece com força e a gasolina some ![:)](http://www.preparados.com.br/public/style_emoticons/default/laugh.gif) ... demora ums 2 a 3 tanques completos de gasolina pra ela se adaptar 100%


  • no meu carro eu só uso alcool e sempre fico atento a óleo, vela, filtro de ar e conbustivel só faço isso mais nada e meu carro tem um problema sinistro. ele e flex ano 2005 bem do inicio meu sonho era catar um cara bom de remap e fazer uma nova programaçã para essa merda ficar boa no alcool.


  • eu concordo com o leonardoz, realmente os primeiros carros flex deveriam ser menos eficientes em sua tecnologia devido a novidade, eu tenho um gol 1.6 power 2005 e percebo que, apesar de ser um bom carro, ele é muito beberão no alcool, prova disso é a ciclagem que começei está semana, estou usanto um tamque somente com gasolina, e a economia de combústivél está sendo impressionante, parace que o carro nasceu pra ser a gasolina. pelo que lí ele tem uma taxa de compressão muito baixa pro alcool, talvés por isso não se de tão bem no alcool como na gasolina. porém a recomendação é evitar misturar os dois combustíveis, usar somente um. acho que daqui a alguns anos que teremos carros 100% a alcool, com uma tecnologia nunca vista antes. se pensarmos bem não temos muita escolha, com os problemas ambientais atuais e com o petróleo com os dias contados, será, no caso de paises tropicais como o brasil, a única alternativa. abraços a todos


  • carro flex pra mim é um carro a alcool que anda com gasolina….as vezes coloco gasolina desta forma sim.. realmente cria o tal chiclete.


  • > carro flex pra mim é um carro a alcool que anda com gasolina….as vezes coloco gasolina desta forma sim.. realmente cria o tal chiclete. depende. os que tem taxa de compressão mais baixa são carros a gasolina que andam com alcool. quanto aos procedimentos que o povo inventa pra carros flex, abastecer num sei quantas vezes num combustível e depois trocar palo outro, fazer isso ou aquilo, pra mim é igual simpatia. daqui a pouco tem uns aí dando 3 pulinhos pro motor funcionar joinha.


  • > afirmativo… concordo plenamente... minha saveiro é infinitamente menos eficiente que os aps monocombustiveis... new civic flex tb é um bom exemplo, é mais manco e beberrão que o a gasolina... carro flex, filtros de 10 em 10, e oleo de 5 em 5 sempre com filtro junto... na saveiro uso a alcool nao por economia, mas por efeito psicologico em 1 ou 2 cvs a mais no caso do carro original. na gasolina tem consumo compativel com meu k20z3 com mais de 200cv s ambos andando na boa complicado... > > abraços meu coroa teve dois new civic, um so gasosa e outro flex, odiou o flex e diz se arrepender de ter vendido o gasosa, hoje ta com um fit lxl com shit pad flex, carro bebe que é uma desgraça, ontem, voltamos da casa dele, percurso de uns 35km, o carro tem um econometro e uma previsão de quanto esta consumindo por litro rodado, eu estava dirigindo, praticamente sem acelerar, o econometro quase batendo os 40km/l e a estimativa de consumo por litro rodado melhor que fiz foi 7.5km/l, sendo que o antigo new civic gasolina dele, fazia 8~9km/l no mesmo percurso, e olha que o fit é 1.5 16v e o civic era 1.8 16v.


  • bom, q carro flex é uma mierda td mundo sabe, so falta as montadoras se tocarem e começarem a fazer carros com os 2 combustiveis separados. e gnvó pra q serve isso? pelamor o maior tiro na agua da historia ainda é esse.


  • alguém já parou pra pensar que os gol caixa carburados a alcool ( originais né ) gastam menos combustivel do que os modernos g4 totalflex. evolução? bem duvidosa.


  • > alguém já parou pra pensar que os gol caixa carburados a alcool ( originais né ) gastam menos combustivel do que os modernos g4 totalflex. > > evolução? bem duvidosa. os carburados em tese gastam um pouco menos, e os injetados de 1 unico combustivel gastam bem menos que os flex. flex de cu é rola….


  • > bom, q carro flex é uma mierda td mundo sabe, so falta as montadoras se tocarem e começarem a fazer carros com os 2 combustiveis separados. e **gnvó pra q serve isso? pelamor o maior tiro na agua da historia ainda é esse.** não é bem assim não hein… tinha gnv no meu velho 306 sedan, era economico que só e andava uma maravilha e o kit não era de ultima geração. vou colocar tambem no atual, talvez fique meio manco (já tivemos o mesmo carro em casa com gnv e não era tão forte quanto meu 306) mas em termos de economia era unanime a qualquer outro carro.


  • > assunto extremamente interessante. > > já tenho visto essa discussão sobre flex nacional ser uma gambiarra há alguns anos. dizem que o ideal seria os postos vender e85 e os motores serem calibrador para tal. > > na europa e eua é assim, porque aqui tem que ser diferente? o alcool, tirando sua octanagem aparente (110oct) e o fato de não contaminar o óleo é um péssimo combustivel… justamente porque se trata de uma substancia unica com ponto de fulgor alto (15°c) assim abaixo desta temperatura fica dificil queimar...ja gasolina tem diversos componentes com diversos pontos de fulgores diferentes, por isso funciona numa faixa maior de temperatura. e85 é bom porque não exige partida a frio independente (liga de qualquer maneira acima de -10°c) mantem uma octanagem próxima a 105oct e não contamina o óleo. só não existe aqui porque os carros mais antigos a alcool não teriam um bom funcionamento e nem passariam nos limites de poluição... mas acredito que seja uma questão de tempo até o brasil se equiparar, a gente tem um monte de carro improtado que é vendido aqui e é flex e85, mas vendido aqui apenas como gasolina porque os fabricantes num podem dar garantia se o dono abastecer apenas com etanol

Entre para responder