Avaliação “ renault sandero stepway 1.6 16v 2012



  • fotos: marcus lauria

    o renault sandero é um carro que, fora os veículos das “quatro grandes”, foi aprovado pelo brasileiro. os dados de emplacamentos da fenabrave mostram o hatch figurando frequentemente entre os dez primeiros mais vendidos. com uma linha que oferece versões mais acessíveis à modelos sofisticados, o sandero se mostra bem versátil. testamos a versão topo de linha stepway, com câmbio manual de cinco velocidades, que agrega elementos aventureiros sem perder o conforto. o preço sugerido é de r$ 43.490.

    por fora, a versão facilmente se destaca das demais, com recursos que simulam um “fora-de-estrada”. a suspensão é elevada em 50 mm a mais que o sandero convencional, chegando a 18,5 cm., os pára-choques de impulsão e paralamas são bem destacados em plástico, uma estrutura em formato de quebra-mato foi instada da dianteira, estribos laterais, barra no teto e pneus de uso misto, rodas de 16 polegadas e máscaras negras nos faróis compõem o visual externo.

    no interior, a sofisticação melhorou em relação ao modelo anterior, principalmente no painel, que combinou bem os materiais utilizados, iluminação e posição dos instrumentos, a ergonomia é um dos pontos positivos do sandero stepway. nesta versão topo de linha, o motorista pode deixar o veículo mais ajustado ao seu tamanho com as regulagens de altura do volante e do banco. o rádio/cd/mp3 ficou maior, com botões de fácil acesso, sem falar da conectividade usb, com ipod e bluetooth, tudo para agradar ao motorista e passageiros.

    em relação ao pacote de equipamentos de série o sandero sepway é bem servido. o modelo sai de fábrica com ar-condicionado, direção hidráulica, travas e vidros dianteiros elétricos, além de rodas de liga leve de 16 polegadas, com pneus de uso misto. a renault ainda oferece um adesivo para colar na carroceria do carro como opcional.