Fiat suspende vendas para o irã



  • medida é resposta ao avanço nuclear do país

    devido à crescente tensão diplomática no oriente médio, a fiat decidiu suspender todas as vendas de veículos para o irã, país suspeito de desenvolver tecnologia nuclear para fins bélicos.

    a decisão, anunciada ontem (25), engloba também os modelos de empresas subsidiárias, ônibus e caminhões (marca iveco). de acordo com a montadora, os poucos contratos ainda em vigor serão honrados, mas não haverá renovação.

    além das montadoras norte-americanas, que já não exportavam para o irã, outras fabricantes internacionais já deixaram de fazer negócios no país asiático, como hyundai, peugeot-citroen e porsche.