Ferrari gto se torna carro mais caro da história



  • veículo foi projetado para o piloto stirling moss

    vendida pelo preço de us$ 35 milhões, uma ferrari gto de 1962 conquistou o posto de carro mais caro da história. o novo proprietário do modelo é o bilionário norte-americano craig mccaw.

    o veículo, cujo número de chassis é 3505gt, foi feito especialmente para o ex-piloto de fórmula 1 stirling moss. um acidente anterior, no entanto, impediu que moss competisse com sua gto.

    o grande diferencial desse modelo, em comparação com outras ferraris gto, é a cor: verde-lima.

    antes dessa negociação, havia alguma polêmica sobre a condição de “carro mais caro do mundo”. outra ferrari gto, mas de 1964, havia sido comprada por us$ 32 milhões em fevereiro deste ano, ao passo que um bugatti type 57sc atlantic tinha alcançado uma marca entre us$ 30 milhões e us$ 34 milhões, em 2010.