Para alonso, importante é ser líder após o gp do brasil



  • o espanhol fernando alonso, mesmo com um carro desacreditado em mãos, é líder do mundial 2012 após seis corridas realizadas. o bicampeão do mundo tem 76 pontos somados, 3 a mais que a dupla da red bull, que tem 73. mesmo assim o piloto não se empolga com sua atual situação no mundial, já que para ele o objetivo é manter a posição após o final da temporada, em interlagos, e a temporada está complicada.

    “liderar o campeonato é apenas o começo, um ponto de partida, já que o objetivo principal é liderar o campeonato após o gp do brasil em novembro”, acredita o bicampeão. “será uma temporada muito longa e as seis primeiras corridas nos garantiram pontos suficientes para sermos líderes agora, mas nós sabemos que precisamos de um carro mais rápido e trabalhar sem cometer erros, procurando o equilíbrio, o que não está fácil este ano”.

    o grande desejo de alonso é que o carro da ferrari tenha mais tração e velocidade, já que essas são as áreas mais complicadas da f2012, o carro da ferrari para este campeonato. além disso, ele não vê motivos para duvidarem da força da ferrari para o gp do canadá no próximo domingo.

    “eu acho que nós melhoramos o carro em algumas áreas desde o início do ano e o canadá será um bom teste para ele. espero que neste fim de semana vejamos uma ferrari mais competitiva, já que isso é importante não só nesta corrida como também para o resto do campeonato”, explica alonso. “não vejo nenhuma razão para que a ferrari não seja competitiva no canadá e não lute pelas primeiras posições. vencer corridas não é fácil, nem terminar no pódio, mas o importante é terminar nos pontos e encontrar um bom nível de consistência”.