Gerard lópez admite mudar nome da lotus



  • ![gerard lopez](http://amigosdavelocidade.uol.com.br/wp-content/uploads/2013/09/gerardlopez.jpg) o dono da genii capital – mantenedora da equipe lotus -, gerard lopez, admitiu em entrevista à revista francesa auto hebdo que pode mudar o nome do time se um acordo vier a ser efetivado com a renault. o dirigente fala que pode fazer o nome lotus sair de cena e rebatizar a escuderia de enstone como renault para salvar as finanças do time, que deve na praça 124 milhões de euros, a maior parte destes para a genii capital. o ideal seria que tivéssemos o apoio de uma montadora. isso garante um peso significativo na arena política da f1, e nas relações com investidores e acionistas, disse. não me importo se a equipe tiver que mudar de nome. não me importa se for chamada de genii, lotus, renault ou qualquer outra coisa, comentou. ainda, segundo lópez, a maior dificuldade do time é garantir um patrocínio que ajude a garantir o futuro da equipe. se eu fosse a red bull, em vez de endividar a sociedade, eu garantiria patrocínios. mas não tenho nada tangível para vender. nossa única chance é continuar a lutar na linha de frente. não podemos mais cumprir esse papel de ˜zorro, o vingador mascarado . obter os resultados que conseguimos, com nosso orçamento, foi um milagre. mas de alguma forma, estamos cansados de lutar contra times mais bem armados do que o nosso e acordar, toda manhã, nos perguntando o que precisamos inventar para nos manter ao lado deles. e falo sobre uma luta que não se desenha no circuito. o dirigente ainda fez mais uma crítica a kimi räikkönen, que falou na imprensa sobre a saúde financeira da lotus. ele tinha tudo. carro competitivo, apoio do time, conforto incomparável. como no ano passado, nem tudo foi pago em dia, mas ele recebeu todo o seu dinheiro no fim de 2012\. não temos um orçamento como o dos outros times, então temos que ter prioridades. pensava que kimi não tinha voltado à f1 pelo dinheiro, mas está claro de que o contrário é realmente verdade. de agora em diante, isso não é problema nosso. no fim das contas, não conseguimos competir com equipes dispostas a fazer qualquer coisa pra contratar um piloto, concluiu.

Entre para responder