Times são contra fornecedor exclusivo de combustível



  • ![f1 bahrein 2013](http://amigosdavelocidade.uol.com.br/wp-content/uploads/2013/10/f1bahrein2013.jpg) uma medida prevista no novo pacto de concórdia já provoca protestos por parte das equipes que disputam o mundial de fórmula 1. a queixa se deve ao fato de fia e fom terem inserido um artigo que prevê a adoção futura de um fornecedor exclusivo de combustíveis e lubrificantes e isso poderia brecar uma fonte de dinheiro das equipes. os times alegam que, se adotada, ela comprometeria lucros futuros, já que a maioria dos grandes times tem acordos de fornecimento com várias empresas, casos da shell com a ferrari, total com lotus e red bull, petronas com a mercedes e mobil, com a mclaren. o time de maranello poderia deixar de ganhar cerca de 25 milhões de euros se tivesse que romper o acordo exclusivo com a marca anglo holandesa.

Entre para responder