Pirelli espera até três pit stops no gp do japão



  • ![formula one world championship, rd1, australian grand prix, practice, albert park, melbourne, australia, friday 15 march 2013.](http://amigosdavelocidade.uol.com.br/wp-content/uploads/2013/04/pirelli1.jpg) suzuka é um dos circuitos mais populares do calendário da f1, graças a um traçado empolgante e um dos públicos mais apaixonados do planeta. este ano, a pirelli vai levar os dois compostos mais duros da sua gama. ambos estão bem adaptados às demandas desafiadoras desta famosa pista, localizada no centro do japão, perto de nagoya. suzuka é mais conhecida por curvas rápidas, como a 130r e a ˜spoon , que têm um efeito notável sobre o desgaste e degradação dos pneus. consequentemente, são esperados entre dois e três pit stops. a outra característica do japão é seu clima extremamente variável, com chuvas fortes rotineiras no fim de semana. em 2010, a classificação teve de ser adiada até domingo de manhã por causa de uma tempestade. já a corrida do ano passado, aconteceu com tempo quente, com temperaturas que superaram os 30 graus centígrados – o que só serve para ilustrar a imprevisibilidade do grande prêmio japonês. suzuka é um dos circuitos onde nós experimentamos as mais altas taxas de desgaste e degradação do ano todo: por causa da superfície relativamente abrasiva e, acima de tudo, das altas cargas de energia sobre dos pneus. é por isso que indicamos os dois compostos mais duros na nossa gama para suzuka este ano”. “não somente por causa das curvas rápidas, há também algumas zonas de frenagens fortes e curvas fechadas. portanto, é um circuito de alta demanda, quando se trata de energia lateral, mas relativamente baixa demanda em termos de tração, pois o layout é muito fluindo com uma curva na sequencia de outra”. “uma vez mais, as estratégias serão muito importantes – no ano passado esta foi uma corrida de duas paradas, quando nomeamos os compostos macios e duros – e suzuka é um circuito que todos os pilotos gostam, por causa das altas velocidades”. ‘a chave no japão é a velocidade: e os pneus que selecionamos para este fim de semana devem permitir aos pilotos mostrar isso aos incríveis fãs japoneses”, diz paul hembery, diretor de automobilismo da pirelli.

Entre para responder