Presidente da daimler só aceita ordem de equipe por emergência



  • mercedes
    o presidente da daimler (empresa controladora da mercedes-benz), dieter zetsche, reiterou que não haverá ordens de equipe para decidir a favor de lewis hamilton ou nico rosberg o título da temporada 2014.

    para o dirigente, que conversou com o bild am sonntag, qualquer solicitação de passagem para um ou outro competidor só será dada se for um caso extremamente importante.

    'no gp da hungria, não houve situação de emergência. os dois não estavam realmente colados, e por isso entendo o fato de lewis não ter tirado o pé para deixa nico passar', falou.

    'na mercedes, não há ordens de equipe. a habilidade dos pilotos e um pouco de sorte decidirão quem terá vantagem no final. é verdade que rosberg e hamilton não devem atrapalhar um ao outro com estratégias diferentes, duas paradas contra três, por exemplo', concluiu.