Grosjean diz que problema de kimi tem a ver com aderência



  • romain grosjean
    romain grosjean foi companheiro de equipe de kimi räikkönen por duas temporadas quando ambos defenderam a lotus e o francês palpitou sobre os problemas do finlandês em 2014. para ele, a aderência é quem está prejudicando kimi.

    “eu sei que ele não gosta e acho que os pneus desse ano não combinam com ele. kimi precisa e boa aderência na frente, e os pneus não o dão isso. é difícil explicar, mas muda um pouco da sua confiança”, disse.

    em relação a convivência ente eles, grosjean destaca que nunca houve diálogo entre os dois, situação que não se verifica com pastor maldonado.

    “é bem diferente. pastor é um cara legal e é pai, então, falamos sobre coisas diferentes fora da pista, o que eu não tinha com kimi, porque não tínhamos nada em comum”, seguiu.

    “a relação de trabalho é bem parecida, ainda que eu fale mais com pastor nos briefings do que eu falava com kimi. ele era muito interessante para se ter com companheiro de equipe, porque no carro seu desempenho era ótimo e fazia um trabalho excelente. então, era legal tê-lo no time”, concluiu.