Mclaren brigando na ponta do grid só em 2017, sugere chefão



  • ericboullier

    eric boullier, atual homem forte da equipe britânica mclaren na fórmula 1, admitiu que o time só conseguirá plenas condições de competitividade e – provavelmente – voltar a disputar o título mundial da categoria máxima do automobilismo, na temporada de 2017. neste ano mclaren e honda reestrearam a parceria, muito vitoriosa no passado, mas o desenvolvimento do motor em conjunto com o carro ainda não está no nível desejado.

    “nós podemos voltar a ficar competitivos ainda este ano. seremos regularmente competitivos no próximo ano. acho que antes do final de 2016, nós chegaremos ao ponto em que queremos. estamos construindo tudo na raça. mas o projeto é extremamente ambicioso”, afirmou boullier.

    “a honda tem o compromisso de voltar ao topo e nós – ron (dennis, o chefão da equipe) e todos os interessados da mclaren – estamos colocando tudo no lugar para nos tornarmos uma equipe competitiva. então, isso acontecerá. temos apenas que alcançar o nível e precisamos apenas de um pouco mais de tempo”, falou o dirigente em entrevista ao the new york times.

    “o carro em si ainda não é um carro vencedor, mas em breve será. a honda vai amadurecer e sabemos que ficará mais forte. a mclaren vai voltar, não tenho dúvidas. a mclaren é parte de um grupo de tecnologia, com outras empresas que estão funcionando muito bem”, seguiu.

    “a tecnologia que estamos desenvolvendo na fórmula 1 está consolidando um grande negócio. o volume de transações já está perto de 1 bilhão de dólares. a equipe de f1 precisa apenas voltar aos bons tempos”, disse.


Entre para responder