Chefão da ferrari presta homenagem a gilles villeneuve na espanha



  • arrivabene

    gilles villeneuve falecia há exatos 33 anos em um gravíssimo acidente durante os treinos do gp da bélgica de 1982. maurizio arrivabene, atual chefão da escuderia ferrari, time que estará eternamente associado ao arrojado canadense, fez questão de prestar uma homenagem ao piloto.

    no gp da espanha, neste fim de semana, em barcelona, arrivabene usará uma faixa com a marca 27 – número utilizado por villeneuve em sua trajetória por maranello.

    villeneuve, que venceu apenas seis grande prémios em 67 participações e foi vice-campeão do mundo em 1979, morreu em zolder, durante a qualificação para o gp da bélgica na sequencia de um violento acidente em que a frente do seu ferrari 126 c2 ficou completamente destruída.

    mais do que os resultados, foi a sua combatividade e pilotagem que tornaram o piloto em um mito das pistas e para os tifosi.


Entre para responder
 

});