Bruno senna escapa, apenas com dores, de forte acidente na fórmula e



  • 2014/2015 fia formula e championship. practice session 2. monaco eprix, monte carlo, monaco, europe. saturday 9 may 2015 photo: adam warner/lat/formula e ref: digital image _l5r0833

    2014/2015 fia formula e championship.
    practice session 2.
    monaco eprix, monte carlo, monaco, europe.
    saturday 9 may 2015
    photo: adam warner/lat/formula e
    ref: digital image _l5r0833

    bruno senna escapou apenas com dores pelo corpo do sério acidente em que foi envolvido neste sábado logo depois da largada do e-prix de mônaco, 7ª etapa da fórmula e. na saída do esse ao final da reta de largada, o piloto da mahindra racing deu de cara com o carro do alemão daniel abt, que acertara o guarda-rail na esteira de um toque com o do francês nicolas prost e parou sem qualquer aviso. sem margem de manobra, bruno “escalou” o carro de abt, saltou com as quatro rodas no ar e aterrissou de lateral. a única alternativa foi o abandono da prova depois de deixar o cockpit sem qualquer ajuda.

    no final da corrida, na qual o suíço sébastien buemi repetiu a vitória de punta del este (uruguai), bruno contabilizou, além dos danos materiais no carro e do incômodo especialmente nas costas, uma má-disfarçada irritação com o traçado das ruas do principado, que utiliza parcialmente o desenho do gp de fórmula 1. “conversei com o pessoal da fia e pedi mudanças no desenho para o próximo ano. a gente já sabia que a chance de acontecer algo ali na largada era grande. sem contar que a prova praticamente não teve ultrapassagens”, lembrou. diferentemente da conhecida pista da f1, a subida do cassino foi abolida e os carros entravam à direita na altura da curva ste. devote.

    o epílogo prematuro foi um pesado golpe contra a expectativa de bruno de iniciar uma recuperação no campeonato que o deixasse mais próximo dos ponteiros. estacionou nos 28 pontos, se manteve em 10º na classificação geral e viu o líder lucas di grassi e o vice nelsinho piquet, segundo e terceiro colocados na prova, se distanciarem ainda mais na ponta da tabela – têm agora 93 e 89 respectivamente. a próxima etapa está marcada para dia 30 em berlim (alemanha).

    bruno, no entanto, admitiu que poderia estar numa posição melhor que a 7ª no grid e, assim, reduzir os riscos de um choque. “errei na estratégia do treino classificatório. ataquei na primeira volta, os pneus e os freios não estavam prontos, e aí ferrou. com isso, a segunda acabou sendo conservadora demais, porque fiquei sem as referências ideais’, explicou. na segunda-feira, bruno estará na sede da equipe na inglaterra e na quinta testará o carro da mclaren gt3 em snetterton.


Entre para responder