Boullier: mclaren não quer dividir honda com red bull



  • chefe da equipe britânica nega que time deixaria montadora japonesa fornecer motores à dos energéticos

    a parceria entre honda e mclaren não começou da maneira que as duas parte imaginavam. os resultados não têm aparecido por conta de falta de performance e muitos problemas enfrentados com a confiabilidade.

    no entanto o time britânico não quer dividir sua parceira, nem mesmo para ajudar a melhorar o motor de maneira mais rápida.

    o chefe da f1, bernie ecclestone, tem sondado a fabricante japonesa para que possa fornecer motores à red bull na próxima temporada. no entanto, tanto ron dennis, ceo do time, como eric boullier, chefe da equipe, não querem abrir mão da exclusividade na parceria.

    “nós queríamos trabalhar com a honda como uma parceria oficial, porque ter um parceiro oficial é o único caminho que acreditamos ser possível para sermos campeões do mundo, falou boullier.

    como cliente de um fabricante de motores não é possível ser campeão do mundo. este é um privilégio que encontramos e nós não queremos compartilhar.”

    ecclestone já admitiu que o negócio pode não acontecer graças à resistência da mclaren.


Entre para responder
 

});