Dica de carro e possibilidade de instalar um kit nitro que já tenho.



  • pessoal, sei que aqui vou encontrar muita gente féera e começo então me apresentando, sou de sp, mas uso pouco meu carro, tenho um vectra 98 gl 2.2 8v e esse motor é maravilhoso, a muito tempo ta com chip alcool+potencia e ta com 167 mil km, perfeito! mas… ficou velho e começa a me encher a paciencia (ele tem gnv e realmente é economico e ainda compensa nesse sentido). fui ver um cruze, pessima ideia, me desculpem os proprietarios desse carro, mas parece que a chevrolet br ta cagando pras necessidades e investimentos proporcionais a um bom veiculo nacional. vectra, saiu de linha em 2011 e ainda é possível encontrar alguns em bom estado (até 40 mil reais) com km aceitável pro desgaste e etc, tenho em mente comprar um desses ou um hatch mais velho, por exemplo ano 2008 (até 30 mil reais). vamos lá, tenho 40 mil pra trocar de carro, não estou podendo programar renda e não posso vender o vectra 98, porque ele é do coração. opção 1 = guardar mais dinheiro e pegar um jetta tsi 11/11 ja é modelo novo por até 50 mil reais somente ano que vem. opção 2 = economizar e tbm pensar em um passat 10/10 (primeiro ano dsg?) ***essas duas opções sao originais de 200cv e esqueço a instalação de venenos. opção 3 = vectra 11/11 2.0 8v automatico + nitro opção 4 = vectra hatch 08/08 2.0 8v manual + nitro agora vamos a opções mais realistas pra minha realidade: -já tenho um kit nitro nos azul, descrição: garrafa zerada grande, etiqueta cromada uma solenoide eletrica de segurança na boca do cilindro mangueiras grossas proprias pra alta cavalaria duas solenoides padrão (nitro e fuel, pra fazer molhado) fogger preto em v da linha "top" gigle 20 de n2o e 34 alcool pressao alcool pegando da linha (sem reservatorio, ja tem o t prontinho mas tenho duvidas se instalaria assim) esse kit estava instalado em um golf de um amigo, não lembro a cilindrada, kit parado a quase 5 anos!!! eu ia instalar em um monza s/r 87 2.0 8v mas me roubaram o carro, foi achado, mas na epoca desanimei. os entendidos gostam da presença de uma tubulação mais generosa, era dito na epoca como o powershot supra sumo ehehe acabei comprando barato na epoca!!! perguntas específicas: 1) nitro em cambio automatico é confiável usando apenas um modulo rpm desejado + chave wot? 2) nitro no cambio automatico desse vectra em questão vai zoar o conversor de torque? 3) ele é 4 marchas, eu posso arrancar com a esteira do cambio na posição 1, esperar 3 mil rpm, nitrar, 6 mil rpm mexo na esteira pra posição 2, nitro de 4000 a 6000 rpm, passo terceira e etc, exatamente como eu faria em um cambio manual??? se eu fizer isso vou zoar o cambio automatico do vectra? esses dias encontrei um modulo por rpm nacional, que inclusivem tem sensores de roda tração/arrasto, seria uma pedida fundamental? giglacem 20/34 entendo por +-30cv num 2.0 8v aspirado original, turbo renderia mais cavalaria na mesma giclagem, se rodar no alcool e puxar o gigle 34 da linha acho que daria conta com a bomba original e o acerto nem ficaria gordo, tenho guardado, mas não quero por relogio nenhum no painel, se for pra fazer isso ponho o monza no turbo nitro com essa grana. bom, essas ideias procedem? a outra possibilidade é usar tanquinho separado (de partida a frio com bomba generica de limpador) pra nitrar com podium + naftalina essa mesma giclagem tenderia a render mais cv, tendo em vista que o alcool rouba um pouco o espaço do nitro comprimir ar na fase "gelada" e a gasolina podium mesmo sem naftalina não compete tanto como o alcool nesse sentido, mais estabilizada servindo só pra explosão. tem gente fazendo polemica, mas pelo motivo do alcool ser bem volátil, ele atinge o gas atmosferico amplamente e o nitro precisa desse gas atmosferico em sua plenitude na primeira fase, vejo gente criando misterio em nitrar com alcool ou não, eu prefiro nitrar com tanquinho separado e gasolina mexida só pra isso, assim sendo equivalente a um nitro seco corrigido por modulo, usando o alcool do tanque, por favor, ajudem nesses argumentos, sou preguiçoso e mesmo rendendo menos, me sentiria confortável puxando da linha original do carro, mesmo perdendo um pouco o potencial do nitro. vamos la então, nem tenho o carro definido, partindo da opção 3, compro o vectra 11/11 automatico, daqui um tempo se gostar do carro eu mesmo instalo sem nenhum manometro, direto da linha, etc, esses 30cv nitrando com alcool prejudica a vida util do motor? eu posso confiar em não ter manometro nenhum? se eu partir pra opção 4, vectra hatch manual, instalo com tanquinho pra podium, temos +-5cv a mais nesses gigles, pode ser o começo dos problemas, instalação de manometro pra medir a pressão nada confiável da bombinha, tanquinho pra isso tem que ter uma solenoide pequena que não deixa sugar/empurrar e isso tem a vantagem de aliviar a solenoide nos de comb. e desvantagem de qualquer lag eletrico adicional. É isso, depois podemos debater o nitro e suas possibilidades, quero participar mais desse forum. estou mais preocupado com o cambio automatico do futuro carro ou esquecer ele de vez!!!! sabe a sensação de querer por o nitro e não ter um carro ideal pra isso? poisé!


  • e o vectra 2.4 16vó fora de cogitaçao?


  • sim, não tive experiencia boa com um carro 2.2 16v e não pretendo arriscar com o 2.4 justamente por ser 16v


  • o 2.4 é horrivel. o 2.2 ja é ruim em rl.


  • oi pessoal, só pra atualizar, mandei mensagem pra algumas oficinas de cambio automatico perguntando sobre riscos de quebra, ainda hoje atualizo aqui! acho que o nitro altamente gerenciado por eletronicos em cambios automaticos será uma das preferencias futuramente.


  • vamos la, mandei  a mesma mensagem pra várias oficinas de cambio automatico dizendo: _tenho uma dúvida, eu gosto de carros 2.0 mais antigos, cambio manual e etc, em questão tenho um monza 87 sr encostado e comprei a muito tempo um kit nitro pra ele. só que nunca foi instalado e penso em comprar um vectra 2009 a 2011 automatico, o oxido nitroso vem originalmente calibrado pra baixissima potencia (30cv) poderia me dizer se existe a real possibilidade de quebrar o cambio automatico do vectra? detalhe, vou gerenciar por rpm e a unica preocupação são as trocas._ a primeira resposta foi pra ligar no nr de telefone, conversando com o sr. paulo da grupopaulista.ind.br eu descobri que fritar o kit desse vectra vai me custar 3500 a 5500 reais, descobri ainda que **posso cambiar na esteira e usando bom senso de potencia no nitro o carro aceita igual um cambio manual** (claro que patinar uma embreagem ou patinar um conjunto automatico pode acontecer em marchas reduzidas) mas é aqui que a escolha de um bom gerenciador eletronico vai fazer diferença!!! nitrar em kickdown+drive só o tempo pra me dizer… uma outra curiosidade é que esse carro usa uma serie de discos pra ter as marchas e não um disco acoplavel (que entendo por embreagem normal) então o que faz a relação de marchas é igual de um cambio de moto, existem motos potentes com cambios pequenos e é questão de 30cv estar na tolerancia ou nao do projeto original. existe a possibilidade de "forjar" mas não pretendo. a segunda resposta foi: isso não e aconselhável pois o cambio automático requer o maior cuidado, não foi desenvolvido para tolerar um alto índice de torque, não iria aguentar. vamos la então, manterei os planos desse topico: monza-sr vai continuar parado pq ta batido (papo de nitro da vontade de arrumar ele) vectra automatico = vou procurar ofertas vectra 2.2 = assim que comprar um vectra novo vou dar um tapa nele, preciso de lanternagem, pintura, ta velho! e refazer mais economico o chip do alcool (daqui uns meses abro um topico pra explicar melhor, ele ta com 167 mil km) futuro vectra automatico = depois de escolher um, vou rodar uns 3 meses de boa, ver se o carro presta, depois cortar fora os catalizadores mantendo as duas sondas, providenciar um k&n inbox e finalmente providenciar um modulo pra nitrar com segurança. **pessoal, a ideia me agrada do nitro em cambio automatico, não existem opções baratas, considero uma ft500 muito investimento me passando pela direta, sinceramente é necessário atrasar o ponto em dois graus pra receber 30cvó** considero usar um smart nitro: [http://www.streetpower.com.br/gerenciador-eletronico-hardware-nitro-progressivo-controle-de-tracao-por-nitro-p5766/](http://www.streetpower.com.br/gerenciador-eletronico-hardware-nitro-progressivo-controle-de-tracao-por-nitro-p5766/) preciso do knowhow de vocês sobre instalações de nitro gerenciado/progressivo.


  • depois que tive carro 16v, nem quero mais saber de 8v. É mais caro? com certeza, mas o comportamento mais esportivo do motor compensa…


  • vamos la, ja estou com o vectra 2.0 automatico, o cambio simplesmente é muito longo, parece robusto e 30cv nao preocupa, problema eh que apertei o botão esporte e achei que ir até 80 por hora pra trocar a segunda marcha vai ser complicado porque o giro não desce até 4500 por ex, ele "embreageia" eletronico com o conversor de torque e praticamente nos 5000 rpm perto de 100kmh eh que poderia apertar o nitro novamente. problema eh que os eletronicos não largam a mania de embreajar sempre pensando no conforto, pense no desgaste prematuro que isso vai gerar, vou pegar uma experiencia de condução e aprender a travar a marcha no kickdown, sei que o lance de nitro em cambio automatico que ficaria mais legal é justamente colocando um cambio automatico no monza sr, mas não estou a fim de pegar um carro de coleção que em breve vou por placa preta pra adaptar um cambio, seria idiotice… só o tempo vai dizer se me animo a turbinar ou ficar com o nitro, sei que de quarta marcha esse cambio tem relação pra quase 280kmh


  • eita, isso é quase a 5 mais longa da vw… é muito longo mesmo. tipo, o que nao gosto do nitro é o custo da garrafinha, conheco gente que gastou tudo em 1 dia


  • poisé, muito bem lembrado, no fim das contas seria melhor turbinar e ter esses 30cv facil sem chatices eletronicas… depois vou pesquisar algum turbinho bem light e se der na telha acabo instalando mais pra frente... não me vejo saindo desse carro em pelo menos 5 anos, quem sabe fico 10 anos se ele for bom igual o vectra gl 98... só o tempo pra dizer se vale a pena investir nele ou pegar um turbinado original.

Entre para responder