Massa vê pista do méxico como incógnita antes de treinos



  • piloto brasileiro e valtteri bottas se animam com ingressos esgotados e miram em fazer boa prova na cidade do méxico

    buscando esquecer seu primeiro abandono duplo desde o gp do brasil de 2012, a williams vai dos eua ao méxico querendo relembrar dos bons tempos. afinal a equipe venceu as duas últimas corridas disputadas no autódromo hermanos rodriguez, com riccardo patrese e nigel mansell em 1991 e 1992.

    agora 23 anos depois, felipe massa tem ainda tem o pé atrás ao falar de performance. o brasileiro quer esperar os primeiros treinos para ter certeza de tudo.

    “é a primeira vez que estou no méxico, por isso já estou animado. a pista tem muita história na fórmula 1, mesmo que tenha mudado um pouco, falou.

    parece que os ingressos esgotaram em menos de uma semana, então há claramente uma paixão por automobilismo. a pista tem uma longa reta e algumas curvas de alta velocidade, mas também alguns pontos lentos. é difícil dizer como vai ser antes de guiar, mas estou ansioso.”

    fã de comida apimentada, valtteri bottas se preocupa com os efeitos da altitude no carro da cidade do méxico.

    “a pista e o local são novos para mim, por isso estou ansioso para saber mais sobre ambos.

    eu gosto alimentos picantes, por isso estou ansioso. como pista, parece ser interessante com curvas de velocidade alta e baixa, além de uma longa reta. vai ser interessante ver como a altitude terá efeitos sobre a refrigeração dos carros além dos efeitos físicos em mim como piloto.

    eu era muito novo para ter visto a última corrida disputada no méxico. mas a pista foi alterada. ouvi dizer que teremos um monte de fãs, e estou ansioso para conhecê-los.”


Entre para responder