Pilotos e equipes se manifestam após ataques em paris



  • ![](http://carxpressmag.com/wp-content/uploads/f1-gp-do-brasil-2015-bandeira-da-franca.jpg) ## série de ataques simultâneos na capital francesa na noite de sexta-feira deixou pelo menos 127 mortos e 200 feridos; comunidade da f1, em interlagos para gp do brasil, mostra consternação através das redes sociais na noite da última sexta-feira (13), uma série de ataques simultâneos em paris deixou o mundo chocado. segundo informações do _the guardian_, são pelo menos 127 mortos e 200 feridos – 99 destes com ferimentos graves. neste sábado (14), o grupo terrorista estado islâmico emitiu um comunicado alegando que membros da organização foram os responsáveis pelos ataques.  assim como todo o resto do mundo, pilotos e equipes da fórmula 1 se mostraram chocados com os atentados. através do twitter, os franceses romain grosjean, piloto da lotus, e eric boullier, chefe da mclaren – ambos franceses – se manifestaram em relação aos ataques. o dirigente se disse “triste e chocado” com o que aconteceu na capital francesa. a dupla da mclaren, fernando alonso e jenson button, também se posicionou através da rede social. ambos disseram que “os corações deles” estão com todos os que sofreram com os atentados. o finlandês valtteri bottas, piloto da williams, também lamentou os acontecimentos em paris na noite de sexta, falando em “notícias terríveis vindas de paris”. a dupla da mercedes, nico rosberg e lewis hamilton, foi outra que utilizou o twitter para expressar tristeza com os ataques em paris. o alemão disse que os pensamentos dele estão com os parisienses, enquanto hamilton disse que estava rezando pelos atingidos pela tragédia e convidou os seguidores a fazer o mesmo. a categoria também se manifestou na manhã deste sábado através do twitter. “nossos pensamentos estão com todos os afetados pela tragédia em paris”, diz o tweet publicado nesta manhá. ferrari e mercedes utilizaram hashtags (em inglês e francês) para dizer que estão rezando por paris.

Entre para responder