Diagnóstico das velas de ignição: compartilhando



  • velas de ignição

    a ci?ncia das velas de ignição bosch aqui:

    12 dicas práticas sobre o estado da vela

    a apar?ncia dos eletrodos e do isolador revela informações importantes sobre o funcionamento da vela, o combustável e o motor. analisando o estado da vela de ignição você pode identificar o problema do motor.

    mas antes de uma avaliação, duas condições devem ser satisfeitas:

    1. o veículo deve ter rodado um percurso de pelo menos 10 km, com o motor funcionando em diferentes rotações, todas situadas na faixa média de potência

    2. deve-se evitar um funcionamento prolongado em marcha lenta antes do desligamento do motor.

    1 - normal


    o po do isolador apresenta-se amarelado-cinza ou marrom-claro.
    motor em boas condições
    ?ndice térmico da vela está correto.

    2 - fuliginosa (carbonização seca)


    o po do isolador, os eletrodos e a cabeça da vela cobertos por uma camada fosca de fuligem preto-aveludada (seca).

    causas:
    carburador regulado com mistura rica
    filtro de ar sujo
    afogador autom?tico com mau funcionamento
    afogador manual puxado por longo tempo
    uso de combustável fora da especificação
    motor funcionando em baixa rotação por tempo prolongado
    ponto de ignição atrasado
    uso de vela incorreta - vela muito fria para o tipo de motor.

    efeitos:
    falhas de ignição
    motor falha em marcha lenta
    dificuldades de partida a frio.

    soluções:
    regulagem correta do carburador e do ponto de ignição
    aconselha-se averiguar a qualidade do combustável que está sendo utilizado
    substituir o filtro de ar
    acelerar o motor (rodando com o veículo) lentamente até a carga total (rotação máxima), para queimar os res?duos de carbono
    evitar que o motor funcione por muito tempo em marcha lenta, especialmente quando estiver frio
    utilizar vela correta para o tipo de motor.

    3 - oleosa (carbonização oleosa)


    o po do isolador, os eletrodos e a carca?a apresentam-se cobertos por uma camada fuliginosa, brilhante, ?mida de óleo e por res?duos de carvóo.

    causas:
    em motores de 2 (dois) tempos - óleo em excesso na mistura
    em motores de 4 (quatro) tempos - óleo em excesso na c?mara de combustão - guias de válvulas, cilindros e anéis do pistão estão gastos.

    efeitos:
    dificuldade na partida
    falhas de ignição - motor falha na marcha lenta.

    soluções:
    em motores de 2 tempos, usar a proporção correta de mistura
    em motores de 4 tempos, retificar o motor - trocar as velas.

    4 - res?duos leves de chumbo


    res?duos amarelado-escuros no isolador. o po do isolador coberto por uma fuligem amarelo-clara, aspecto de fosca a brilhante.

    causas:
    aditivos antidetonantes no combustável, como tetraetila e tetrametila de chumbo.

    efeito:
    se o po do isolador chegar a temperaturas muito altas, os res?duos de chumbo tornar-se-ão condutores eletricos, fato que pode ocorrer com veículo em alta velocidade, causando falhas de ignição.

    soluções:
    aconselha-se averiguar a qualidade do combustável que está sendo utilizado
    trocar as velas, pois é inútil tentar limpo-las.

    5 - res?duos grossos de chumbo


    o po do isolador apresenta-se parcialmente vitrificado e de cor amarelo-marrom.

    causas:
    aditivos antidetonantes no combustável, como tetraetila e tetrametila de chumbo. a vitrificação denuncia a fusão dos res?duos sob condições de forte aceleração de veículo.

    efeito:
    se o po do isolador chegar a temperaturas muito altas, os res?duos de chumbo tornar-se-ão condutores eletricos, fato que pode ocorrer com veículos em alta velocidade, causando falhas de ignição.

    soluções:
    aconselha-se averiguar a qualidade do combustável que está sendo utilizado
    trocar as velas, pois é inútil tentar limpo-las.

    6 - res?duos / impurezas


    camada de cinza grossa no po do isolador, na c?mara de aspiracão e no eletrodo-massa, de estrutura fofa e até cheia de esc?rias.

    causas:
    aditivos do óleo ou do combustável deixam res?duos incombust?veis na c?mara de combustão (pistão, válvula, cabeçote) e na própria vela. isso ocorre especialmente em motores com um consumo de óleo acima do normal, ou quando se utiliza combustável de qualidade inferior.

    efeitos:
    perda de potência do motor, decorrente de ignições por incandesc?ncia e danos ao motor.

    soluções:
    aconselha-se averiguar a qualidade do combustável que está sendo utilizado
    trocar as velas
    regular o motor.

    7 - superaquecimento


    eletrodo central fundido parcialmente.

    causas:
    combustão por incandesc?ncia causada por temperaturas extremamente elevadas na c?mara de combustão em decorr?ncia, por exemplo, de uso de vela muito quente; res?duos na c?mara de combust?o; válvulas defeituosas; ponto de ignição muito adiantado; mistura muito pobre; sistema de avanço do distribuidor com defeito; combustável de má qualidade; vela mal apertada.

    efeitos:
    falhas de ignição
    perda de potência
    danos ao motor.

    soluções:
    aconselha-se averiguar a qualidade do combustável que está sendo utilizado
    substituir as velas.

    8 - eletrodo central fundido


    eletrodo central completamente fundido, possível trinca no po do isolador e eletrodo-massa parcialmente fundido.

    causas:
    superaquecimento do eletrodo central, que pode trincar o po do isolador.
    combustão normal com detonação ou ponto de ignição excessivamente adiantado.

    efeitos:
    falhas de ignição
    perda de potência
    danos ao motor.

    soluções:
    revisar o carburador, o ponto de ignição, o distribuidor e o motor
    utilizar velas corretas para o tipo de motor
    substituir as velas.

    9 - eletrodos central e massa fundidos


    causas:
    combustão por incandesc?ncia causada por temperaturas extremamente elevadas na c?mara de combustão em decorr?ncia, por exemplo, de uso de vela muito quente; res?duos na c?mara de combust?o; válvulas defeituosas; ponto de ignição muito adiantado; mistura muito pobre; sistema de avanço do distribuidor com defeito; combustável não especificado para o tipo de motor.

    efeito:
    antes do dano total do motor, ocorre perda de potência.

    soluções:
    revisar o carburador, o ponto de ignição, o distribuidor e o motor
    utilizar velas corretas para o tipo de motor
    utilizar combustável adequado para o tipo de motor
    substituir as velas.

    10 - desgaste excessivo do eletrodo central (erosão)


    causa:
    não observóncia do tempo recomendado para a troca das velas.

    efeitos:
    solavancos do motor devido a falhas de ignição (especialmente na aceleração do veículo); a tensão de ignição exigida, pela grande dist?ncia entre os eletrodos, é alta demais
    partida difácil.

    solução:
    trocar as velas ou examin?-las de acordo com as instruções dos fabricantes.
    certifique-se do tipo ideal ao modelo do veículo, consultando sempre a tabela de aplicação ou recomendação do fabricante.

    11 - desgaste excessivo dos eletrodos massa e central (corrosão)


    causas:
    presença de aditivos corrosivos no combustável e óleo lubrificante. esta vela não foi sobrecarregada termicamente, não se tratando portanto de um problema de ?ndice térmico. depositos de res?duos provocam influ?ncias no fluxo dos gases.

    efeitos:
    solavancos do motor devido a falhas de ignição (especialmente na aceleração do veículo)
    partida difácil.

    soluções:
    trocar as velas. certifique-se do tipo ideal ao modelo do veículo, consultando sempre a tabela de aplicação ou recomendação do fabricante
    aconselha-se averiguar a qualidade do combustável que está sendo utilizado.

    12 - po do isolador trincado


    causas:
    dano causado por pressão no eletrodo central como consequência do uso de ferramentas inadequadas na regulagem da folga. exemplo: abrir os eletrodos com uma chave de fenda
    corrosão do eletrodo central por aditivos agressivos no combustável
    depositos de res?duos de combustão entre o po do isolador e o eletrodo central.

    efeitos:
    falhas de ignição (a fa?sca salta entre o isolador e a carca?a)
    partida difácil.

    soluções:
    trocar as velas. certifique-se do tipo ideal ao modelo do veículo, consultando sempre a tabela de aplicação ou recomendação do fabricante
    aconselha-se averiguar a qualidade do combustável que está sendo utilizado.

    **espero que gostem

    abraço.**



  • gostei muito, sempre tive algumas duvidas..

    valeu

    um abraço

    c.ramirez



  • isso é muit?ssimo útil e importante, podia fixar esse tópico, o que vocês acham?

    eu tenho um da ngk aqui também, se quiserem posso scanear e postar aqui, a gente junta fica bem completo



  • fixem fixem extrema utilidade …

    ps:fotos exageradas ein nunca vi efeito tao forte quanto eh mostrado ali em algumas delas



  • fixem fixem extrema utilidade …

    ps:fotos exageradas ein nunca vi efeito tao forte quanto eh mostrado ali em algumas delas
    [snapback]514810[/snapback]

    hehe acho que os caras fizeram de proposito, devem ter feito cada motor virar naquela condição até torrar…



  • hehe acho que os caras fizeram de proposito, devem ter feito cada motor virar naquela condição até torrar…[snapback]514811[/snapback]



  • nossa pra trincar um peh de eletrodo dakele jeito da ultima foto o cara tem q ser um cavalo … cansei de abrir eletrodo com chave de fenda em velinha ngk cm-6 dakelas pequenas pra motor 2t dos aeromodelos...e nunca consegui fazer uma façanha dakelas ...e olha que ja cheguei a quebrar eletrodo em vela dessas de tanto uso .. de ir gastando e eu ir batendo com calibre pra ficar na medida certa denovo ... bom chega de baboseira .. parabens pelo topico ai thiagoiano



  • po, acho que eu sou um cavalo entao… mas nao lembro de ter batido nem ter feito nada alem do normal pra fechar a vela pra 0.5mm que é como eu sempre usei no meu carro, e apenas nessa vela champion que foi a unica que achei grau 9 ngk pro meu carro aconteceu isso...

    mas po, nao foi culpa minha, sempre fiz do mesmo jeito e nunca quebrou 1 vela.. soh essas ai... acho que foi mais por excesso de pressao ou sei la (quando aconteceu isso tinha botado 1.5 de pressao)

    da pra ver que o grau termico 9 nao tava certo pro meu carro… melhor mesmo pra mim é usar as velas originais que sao 8...

    oia como ta agora...



  • essas velas nao sao bosch apesar de aparecer uma caixa da bosch no fundo, eu usei 1x velas bosch no meu carro e nao uso nunca mais pq no meu carro simplesmente nao presta… mesmo com 0.5mm acima de 1k de pressao a centelha falha...

    as velas que trincaram sao dessa caixa



  • as velas do meu.

    original tb neh
    essa é bpr5ex agora to usando bpr6ey



  • fixem fixem extrema utilidade …
    [snapback]514810[/snapback]

    http://www.preparados.com.br/forum/index.phposhowtopic=9454



  • opa, vlw thiagoiano, vou dar uma boa olhada com calma depois do trampo, si pintar duvidas eu pergunto aqui. vlw.



  • as velas do meu.

    original tb neh
    essa é bpr5ex agora to usando bpr6ey
    [snapback]514869[/snapback]

    caramba, ta andando com quanto de sonda? 1000mvó hehehehe



  • caramba, ta andando com quanto de sonda? 1000mvó hehehehe
    [snapback]515099[/snapback]

    medi no multimetro deu 900mv, porque a pergunta ?
    sou leigo não ataque pedras uehueheuhe
    []?s
    isso era com gasosa, tudo 100% revisado com aditivos stp alternando amarelo, preto e vermelho, no alcool não esta tão marrom assim, ainda é cedo para tirar e ver como estáo.



  • http://www.preparados.com.br/forum/index.phposhowtopic=9454
    [snapback]514983[/snapback]

    magavilha



  • as velas do meu.

    original tb neh
    essa é bpr5ex agora to usando bpr6ey
    [snapback]514869[/snapback]

    essas velas green com eletrodo central cavado são excelentes



  • vou desmontar as velas j



  • aproveitando.. eu tá usando vela 8 na saveiro, br8es, eletrodo simples, acho que regulei pré 0,8 de abertura, o motor é 1.8 com 9 de taxa, 1 kilin pré dentro, 26 de ponto final.
    vale a pena achar uma vela de eletrodo m?ltiplo pré usar, mesmo que seja menor gap é existe vela de eletrodo m?ltipo (3 ou 4) de grau 8 ?
    acho que existe vela 7 com 3 eletrodos, um grau menos frio seria problema pré essa configuração de motor que passei ?
    existe vela de eletrodo simples, ngk resistiva de grau 9 ?



  • to querendo comprar com dois eletrodos.

    so não vou colocar com 4 porque já ouvi dizer que não ficam legal.



  • medi no multimetro deu 900mv, porque a pergunta ?
    sou leigo não ataque pedras uehueheuhe
    []?s
    isso era com gasosa, tudo 100% revisado com aditivos stp alternando amarelo, preto e vermelho, no alcool não esta tão marrom assim, ainda é cedo para tirar e ver como estáo.
    [snapback]515104[/snapback]

    ? que ta bem marrom… mas ta explicado... ta bem rico e na gasosa... o meu anda de 850mv de peh embaixo no alcool, por isso ta marronzinha de leve...

    essas velas sao bosch neh? ngk grau 5 é muito quente


Entre para responder